A Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) como ferramenta estratégica de gestão

14 de janeiro de 2022


 

A tomada de decisão nas empresas deve ocorrer após um embasamento em argumentos e fatos que auxiliem a minimizar os riscos nas operações futuras, bem como ampliar as oportunidades que podem surgir. Uma das ferramentas fundamentais que podem auxiliar a entender a situação de uma empresa após o fim de um ano é a Demonstração do Resultado do Exercício (DRE). 

Sendo uma das demonstrações contábeis obrigatórias para as empresas brasileiras, muitos empreendedores enxergam o documento como mera exigência e desconsideram o potencial que a DRE possui para ajudar a aumentar a eficiência da gestão de um negócio.

A DRE é um relatório desenvolvido para informar se a empresa obteve lucro ou prejuízo após um período. Isso significa que o objetivo é descrever, de forma resumida, a movimentação financeira da empresa e como o resultado líquido foi alcançado. 

Sendo assim, as ações para iniciar uma busca de novas fontes de receita na empresa ou ainda desenvolver medidas para o corte de gastos desnecessários pode ser iniciada após uma análise criteriosa da DRE. 

A DRE tem como uma de suas exigências que seja feita por um contador habilitado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC). A obrigatoriedade do documento não se aplica aos Microempreendedores Individuais (MEI’s). As demais empresas podem terceirizar o serviço para um escritório contábil.

De toda maneira, sendo obrigatória ou não, a DRE é um documento estratégico para as organizações. Com a perspectiva de analisar a saúde financeira, definir metas e até os planos de expansão, fica mais fácil a tomada de decisões com o mecanismo completo para fundamentar os próximos passos da empresa.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp

Iniciar conversa
Olá como posso te ajudar?
Como podemos te ajudar?